Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2013

Outro Tipo de Amor III

Há amores impossíveis de explicar, pessoas difíceis de descrever. Tão difícil que as palavras se tornam insuficientes para mostrar a força que move aqueles corações que respiram felicidade, aquelas almas andantes que espalham amor em sintonia. 
É para mim prazeroso falar e devorar aqueles laços, aquele amor, que faz daqueles seres, felizes e que inevitavelmente eu não fico indiferente, comprovando que o amor acontece e permanece, puro e transparente sem que cada um perca a sua essência própria.

O meu olhar atento, observa meticulosamente, os movimentos daqueles corpos cheios de vitalidade, dominados pela força, o respeito, a lealdade, a determinação, a conserva, a confiança, a loucura, a verdade, a independência, que ao mesmo tempo os torna dependentes, uns dos outros, sobretudo do amor que nutrem, amor esse que os amolece nas horas de agitação louca, em que a juventude rebelde, desafia as mentes conservadoras, que deixaram para trás a loucura outrora impedida de ser livre.

O Artur e a C…

Fragmentos do Pensamento XXIV

5 meses. Quase como as semementes de uma fruta de época, que ainda não se encontra pronta para reproduzir, grandes quantidades de sumo, com um sabor intenso, que fique na memória das bocas que o ingerem, como se de água se trata-se.

Começo pela seleção de imagens, que vão ilustrar de forma mais clara e divertida, aquilo que a minha boca pede ainda que a medo, aos meus dedos para repoduzirem, a mensagem que torna a minha voz fraca e que fortalece as palavras que já nem sei por onde, saiem livres e encaixam umas nas outras, e em segundos expõem para os outros aquilo que eu ainda não sou capaz de dizer, em voz alta.

Fico-me pelas palavras.Mesmo que tente evitar usar o poder da voz para não sair asneira, há ainda algum contexto no meu palavriado que o torna critíco e quase que inconveniente.
Mas o amor e o prazer que as palavras despertam em mim, é quase como os ritmos dançantes de uma música, faz com que as minhas ideias dançem no papel e despertem as almas adormecidas que as…

Doce Sabedoria

Gosto de ter o prazer de mastigar a sabedoria que os outros guardam no pote que é o seu coração, e que eu devoro, como se fossem biscoitos.

Fragmentos do Pensamento XXIII

Ao longo destes meses tenho pesquisado e estado mais atenta a outros blogues, existem milhões deles isto é realmente um mundo, mas é maravilhoso todos os dias ir à descoberta dos seus conteúdos, estes são os seis que eu acompanho todos os dias, apaixonei-me rapidamente por eles, não só pelo conteúdo mas pela capacidade de me fazerem pregar os olhos da primeira à última publicação, hoje decidi destacar estes que juntamente com o meu me fazem companhia, decidi partilhar convosco as minhas preferências.

A Pipoca Mais Dois, é um baby blog, um delicioso blog que apetece devorar até à última palavra, escrita com amor e por amor, pelas mãos de pais em aprendizagem, onde dispõem para os interessados como eu conteúdos ligados à chegada de um bebé e a aventura que é todos os dias esse amor que se vai transformando e crescendo todos os dias. Aconselho, a todos e em particular aos papás, tem dicas muito prestáveis e aventuras deliciosas, vale mesmo a pena, fica aqui o meu obrigada à Pipoca e ao Ar…

Palavras do Coração

Confesso que hoje, não estou nos meus melhores dias, ou melhor dizendo não tive das minhas melhores noites. É complicado enfrentar um dia repleto de boas energias e um sol capaz de ferver a nossa alma, quando não prega-mos olho toda a noite, quando o nosso corpo não teve o merecido descanso, pelo simples motivo da nossa mente a chefe que se encontra a dissertar sobre os problemas que nos fazem perder a cabeça,a faz afastar o sono mesmo que este esteja lá.
A verdade é que o dia amanheceu e eu nem dei por isso, mesmo acordada a minha consciência encontrava-se bem longe daquele quarto abafado com o calor humano de uma alma em permanente interrogação.
Mas não são só as coisas menos agradáveis que desenvolvem mais um dia de Setembro, em modo calor abrasador, capaz de derreter as palpebras até à exaustão, pelo contrário é o dia e os seus acontecimentos que dão alento fazendo-me esquecer esquecer a noite mal passada.

A verdade é que o dia amanheceu e eu nem dei por isso, mesmo acordada a minha…

Coração Sorridente

Sorrir, é dos gestos mais simples que podemos transmitir a alguém, é a  melhor curva de uma alma que passa para quem o recebe, um enorme conforto, fazendo sem grandes toques, palavras mais um coração sorridente.

A verdade é que nem todos temos capacidade de fazer a diferença na vida de alguém, porque por muito que queiramos ajudar, nem sempre a nossa mente medrosa pela morte que acompanha de perto aqueles pequenos seres sem futuro, nos premite avançar com a força necessária.
Não é vergonha nenhuma assumir os medos, vergonha é poder e não tentar fazer a diferença para com os outros. Estes corações de narizes vermelhos, precisam de quem os faça viver o presente que lhe deram de uma forma plena, feliz e cheia de força, é essa mesma força que deita abaixo o meu corpo quando penso em avançar para eles, porque me apercebo que sorrir não é só saber curvar na perfeição os nosso lábios, é preciso saber sorrir com a força de uma alma segura e um coração disposto a dar o melhor para que eles não s…

Fragmentos do Pensamento XXII

Transitá-mos para um mês diferente, um mês que põe fim à estação que todos desejam, mas que depois da sua chegada todos anseiam inconscientes pelo seu fim. 
Depois passam as estações seguintes chorosos do pouco que aproveitaram daquilo que ficou para trás e que agora desejam com todas as suas vontades, ter de volta.
Acontece o mesmo nas vidas dos seres que desejam fortemente algo, que anseiam pela sua concretização, mas este é abalado pela preguiça que dificilmente lhes facilitam caminho até esses desejos, diários ou anuias, coisas que acontecem, quando a preguiça é rainha dos seus dias.
Passou Agosto o mês dos desejos, dos prazeres e das concretizações guardadas em pequenos potes, quase como os biscoitos da casa da avó, que são devorados pelos esfomeados de concretização, os esfomeados que censuraram a preguiça em prol de realização, de felicidade.
Eu guardo num pote, que se vai enchendo com a coriosidade de todos os que diáriamente visitam este blogue/página, a vontade e os desejos de …