novembro 16, 2017

Background Sound 12


"I promise that I'll hold you
 When it's cold out
When we loose our winter coats
 In the spring
Cause lately I was thinking
 I never told you
That every time I see you my heart sings. "

Chegam os dias difíceis,  onde me refugio no teu corpo, onde a tua voz sossega a minha ansiedade e os nossos corações unem forças, para encarar o mundo. Contigo é melhor, mais fácil.
Chegou a hora de desejar outro dia bom, num outro mês, com menos distrações, que o tempo é curto.
Os nervos pairam no ar, mas sinto a tua presença, é o teu amor a tomar conta de mim, de nós, de tudo. 

outubro 06, 2017

Background Sound 11


"I love the things that children love"

O mais fascinante na escrita, seja em prosa ou em verso é que naquele pedaço de papel, podemos ser quem quisermos, imaginar-nos noutras vidas, noutros lugares, o tempo que nos apetecer. 
Podemos sonhar em qualquer dimensão, sem nunca perder o norte. 
Como diz o poeta: "tenho em mim todos os sonhos do mundo, sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura."
Fernando Pessoa foi um génio que criou diversas vidas como se as tivesse vivido a todas. Escrever passa muito por esta sensação.
Salvador Sobral interpreta um álbum "Alexander Search", lançado no verão deste ano, com poemas de um dos muitos heterónimos de Fernando Pessoa e é simplesmente maravilhoso!

outubro 05, 2017

Só guardar o que nos faz feliz



Este post nasceu há uns dias, muito por causa deste video [vejam], as coisas boas devem ser partilhadas não é verdade?
A Rita é uma pessoa das boas, daquelas que ou se gosta, ou se gosta, é impossível ser de outra forma.
Nutro uma admiração gigante, pelo mimo que nos transmite assim que a conhecemos, pela forma descomplicada mas cheia de doçura e humor com que partilha o amor pelos filhos. 
Quem entra no blogue dela sente-se logo em casa. É tão genuína, despida de peneiras e tão cheia de boas energias. 
O papel de mãe é o que mais me inspira, mas também tem outros talentos: a fotografia e o #movimentodestralhar. 
É pessoa de se desfazer de tralha e coleccionar os melhores momentos. 
Eu sou espectadora assídua da sua calma ainda que um pouco tímida e da sua gigantesca generosidade.  
Partilha com todos nós as vitórias e fragilidades e sem se aperceber, dá sentido ao que eu penso sobre o papel de mãe e transmite uma energia tão boa, que dá vontade de acordar todos os dias e querer ser mais e melhor. 
Parabéns Rita, que todos os dias sejam cheios de luz, esperança, saúde e muito amor. 
Um dia perco a vergonha e marco aquela sessão, onde vai dar corpo aos momentos e pessoas que eu quero coleccionar para a vida!
Obrigada!


Todos os direitos de Imagem reservados a Rita Ferro Alvim